Agenda

Novidades

Fale conosco

 

WEBQUEST

quinta-feira, 11 de junho de 2009

As atividades Webquest se baseiam na aprendizagem colaborativa, cooperativa e significativa, onde ativa no aluno as competências intelectuais mais complexas do que um simples armazenamento de conteúdos. Esta metodologia promove a interação e o letramento digital dos alunos na construção do conhecimento, além de direcionar a pesquisa e dar um bom uso para a internet, com intuito de atingir o pensamento reflexivo e crítico dos envolvidos.

Conforme a Apresentação de Webquest, pela professora Maria Rosângela Bez, em vídeo, é uma ótima ferramenta para apropriação tecnológica na escola, obtenção de informações atualizadas, aprendizagem cooperativa e colaborativa, desenvolvimento de habilidades cognitivas, criatividade, trabalho de autoria para professores e compartilhamento de saberes pedagógicos. Além dos vários objetivos, as atividades webquests dependem para sua construção e uso, de fatores como faixa etária e nível de complexidade, mas que passam pela aquisição, integração, extensão e refinamento dos conhecimentos, conforme sua duração (curta ou longa).

No texto WebQuests em Roteiro de Curso Hipermídia (BRANDÃO; MUSA; OLIVEIRA; FERNANDES, 2008), é colocada a importância de todas as etapas de criação de uma webquest, que para isso são necessários organização, tempo e conhecimento de tecnologia. Os autores destacam que essa falta de cuidado com a estruturação de conteúdos, leva a obtenção de materiais de aprendizagem muitas vezes mal estruturados e desorganizados, o que acaba dificultando a leitura e consequentemente à aprendizagem dos alunos.

"Se as orientações inseridas no processo forem cuidadosamente elaboradas, os alunos não terão dificuldades na navegação e no entendimento do desafio. No entanto a presença do professor é fundamental tanto nos momentos de dúvida quanto para observá-los na execução da TAREFA. A atividade WebQuest não é uma atividade virtual, a distância. O professor está presente no laboratório para orientar e apoiar os alunos nas pesquisas". (ABAR; BARBOSA, 2008)


O artigo Possibilidades e Formas de colaboração: um estudo com alunos do Ensino Fundamental (RAMOS, 2007) investiga o uso das tecnologias colaborativas na educação, com intuito de unir teorias e auxiliar no uso pedagógico da internet. A autora destacada o papel da colaboração como prioritária para o desenvolvimento de atividades pedagógicas mediadas pelo computador, analisando suas possibilidades e limites no processo educacional. Ressalta ainda que “a proposta de atividade colaborativa mediada pelo uso do computador ligado à rede pode ser considerada uma tentativa de introduzir inovações na escola” e que “o uso da tecnologia ampliou os tempos e espaços de aprender e ensino, bem como as possibilidades de estabelecer relações pessoais”.



REFERÊNCIAS

ABAR, Celina A. A. P., BARBOSA, Lisbete Madsen. Webquest: um desafio para o professor!. São Paulo: Avercamp, 2008.

BRANDÃO, André Luiz; MUSA, Daniela Leal; OLIVEIRA, Alessandro Ramos de; FERNANDES, Clovis Torres. WebQuests em Roteiro de Curso Hipermídia.

RAMOS, Daniela Karine. Possibilidades e Formas de Colaboração: um estudo com alunos do Ensino Fundamental.

0 comentários: